quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Afonso I

O Primeiro Português

Recuando um pouco na historia, D. Henrique de Borgonha ajudou o rei Afonso VI de Leão e Castela a conquistar o reino da Galiza, que compreendia aproximadamente a moderna Galiza e o norte de Portugal, recebendo como recompensa pelos seus serviços casamento com a filha ilegítima do monarca,Teresa de Leão. Em 1096, D. Henrique recebeu de Afonso VI o Condado Portucalense, território até ao momento dependente do reino de Galiza, que passava a lhe prestar vassalagem directa. O rei de Leão e Castela pretenderia assim limitar o poder do conde Raimundo de Borgonha, casado com Urraca de Leão e Castela ao colocar um território seu vassalo entre a Galiza e os reinos dos mouros, limitava as possibilidades de Raimundo conquistar terras e riquezas.


Da união do Conde da familia ducal de Borgonha e a filha Bastarda do Rei
de Leão e Castela nasce em 1109 o Infante Afonso Henriques, no mesmo
ano morre Afonso VI. Início da disputa entre dona Urraca, a herdeira legítima, dona Teresa e vários outros pretendentes ao trono. A briga pelo poder dura anos, no entanto, o jovem pretendia ser mais do que conde e em 1122 arma–se cavaleiro na catedral de Zamora, em 1128 rebelou-se contra a sua mãe, que pretendia manter-se no governo do condado, e eventualmente uma reunião de Portucale com o reino de Galiza. As tropas de Afonso Henriques e dona Teresa se enfrentam no campo de São Mamede, junto ao castelo de Guimarães. O exército galego é derrotado.
1129 No dia 6 de abril, Afonso Henriques dita uma carta em que se proclama soberano das cidades Portuguesas.



1135 Afonso VII, filho de dona Urraca, é coroado “imperador de toda a Espanha” na catedral de Leão. Afonso Henriques se recusa a prestar vassalagem ao primo. 1137 Paz de Tui. Após lutar com Afonso VII no Alto Minho, Afonso Henriques promete ao imperador “fidelidade, segurança e auxílio contra os inimigos”. 1139 Batalha de Ourique. Afonso Henriques vence cinco reis mouros. 1140 Afonso Henriques começa a usar o título de Rei. 1143 Provável Tratado de Zamora no qual estabelece a paz com o primo Afonso VII. Primeiro passo para a independência portuguesa. Afonso Henriques escreve ao Papa Inocêncio II e se declara - e a todos os descendentes - “censual” da Igreja de Roma. A palavra “censual” significa que Afonso Henriques é obrigado a prestar obediência apenas ao Papa. Na região que governa, portanto, nenhum outro poder é maior que o dele. 1179 A Igreja Católica reconhece, formalmente, a realeza de Afonso Henriques.

2 comentários:

Alvaro Lameiras disse...

Esta figura ficou no minimo fantastica, é um personagem que qualquer colecionador gostaria de ter na sua coleção fico a aguardar com enorme espectativa pela conclusão e pintura desta figura.
Parabens pelos trabalhos que têm realizado.

Um abraço
Alvaro LAmeiras

Jesus Gonzalez Fontes disse...

Muy bonita Fernando....cuentanos un poco del proceso de modelado, porque parece muy limpio.

Me encanta y espero ansioso verla pintada.

Un fuerte abrazo desde Vigo

Fontes.